Local: Cunha, SP

Área da Construção: 465 m²

Área do Terreno: Gleba

Local: Cunha, SP
Área do Terreno: Gleba
Área da Construção: 465 m²

Ano do Projeto: 2022
Período de Execução: 2023 -

Equipe: Pedro Cornetta, Luigi Borges, Renan Antiqueira
Projetos Complementares: Latar

Projeto arquitetônico para casa de campo de 460 m² na zona rural do município de Cunha, SP.

O grande desafio (e também a força motriz) deste trabalho reside na grande dificuldade técnica imposta pelo terreno no tocante a prática da atividade construtiva, seja pelo acesso complicado ao sítio ou pela escassez de oferta de mão de obra qualificada na região. Após o estudo de uma miríade de possibilidades construtivas, os arquitetos optaram por um sistema híbrido que propiciará um bom equilíbrio entre custo e desempenho.

Para a estrutura principal adotou-se a solução em estrutura metálica tanto pela facilidade de confecção fora do canteiro (off-site) como também pelo seu transporte pois, sendo um material muito leve, permite o acesso pelas estradas precárias da região. A estrutura metálica também permite a criação de grandes balanços estruturais e enormes beirais de cobertura para a proteção da fachada principal da insolação norte. Sendo uma casa localizada na serra, sua fachada de vidro devidamente protegida irá captar maior quantidade de luz no inverno (especialmente o poente) e ficará totalmente protegida durante o verão.

A cobertura se dá, majoritariamente, pelo emprego da telha termo-acústica de galvalume e poliuretano. Para facilidade de execução e menor manutenção, todo o telhado foi resolvido à partir de uma única água, com inclinação de 6%. Esta solução permite, além de uma calha totalmente externa, que o plano do belíssimo forro de madeira flutue em ascensão rumo a vista, valorizando a integração da casa com seu entorno.

Devido ao clima e solo extremamente úmidos, típicos de serra, toda a casa encontra-se projetada “fora do chão”, sobre laje piso. Esta solução permite mínima percolação da água do solo para o interior da casa por meio das fundações. Na ponta do pavilhão, fazendo bom uso da topografia, a laje piso abriga a garagem da residência. Esta solução arquitetônica foi desenvolvida com base em inúmeros estudos iniciais na busca da solução com menor movimentação de terra para o programa residencial almejado.

In English:

The great challenge (and also the driving force) of this work resides in the great technical difficulty imposed by the terrain regarding the practice of the constructive activity.

For the main structure, a steel structure was adopted, allowing the creation of large structural overhangs and huge roof overhangs to protect the main façade from rain and sun. Being a house located in the mountains, its properly protected glass facade will capture a greater amount of light in the winter and will be fully protected during the summer.

The roof is mainly covered by the use of insulated tiles. For good of execution and less maintenance, the entire roof was solved from a single pitch.

Due to the extremely humid climate, the entire house is designed “off the ground”, on a slab floor. This solution allows for minimal percolation of water from the soil into the interior of the house through the foundations. Making smart use of the topography, the floor slab houses the residence’s garage.

Supraestrutura: Perfis W metálicos laminados

Lajes: Laje painel

Cobertura: Telha termo-acústica, manta de pvc

Vedações: Alvenaria de solo-cimento (tijolo ecológico)