Projeto para casa em Joanópolis, SP, com cerca de 500 m².

Situado em um belíssimo terreno de grande declividade, o projeto tem como objetivo principal a valorização da paisagem circundante dotada de montanhas, mata nativa e uma represa, por meio de uma arquitetura leve e devidamente enraizada em seu substrato natural. O diálogo com os elementos naturais se dá em todos os âmbitos e permeia todas as decisões técnicas desde a escolha dos sistemas construtivos, dos estudos de insolação e ventilação até as decisões acerca dos materiais de finalização.

De toda uma gama de materiais envolvidos na concepção deste trabalho, dois deles se destacam: a madeira laminada colada e as paredes de taipa. A primeira é a escolha estrutural perfeita para os vigamentos devido seu baixíssimo peso próprio e alta versatilidade, o que propicia a adoção de uma estrutura com peças muito esbeltas e vãos abertos, integrando perfeitamente a casa a paisagem. O segundo material, a taipa (terra), foi empregado como solução para as paredes estruturais comprimidas devido sua incrível beleza e também por se mostrar como opção muito mais viável do que o concreto quando analisamos a questão sob o aspecto ecológico. Estas paredes utilizam a mesma terra que forma o relevo no entorno, tornando-se assim a materialização perfeita da sinergia entre arquitetura e paisagem.

O ápice do discurso arquitetônico está, claramente, na estrutura da cobertura da varanda. Para permitir que a vista seja desfrutada totalmente livre de apoios, buscamos inspiração na arquitetura náutica, mais especificamente na construção embarcações à vela. A adoção de um sistema estrutural utilizando mastros que se erguem sobre a cobertura permitiu o emprego de tirantes em aço que, por sua vez, suspendem toda a estrutura da grande cobertura e propiciam o imenso vão livre sobre a piscina.

ENGLISH:
From a whole range of materials involved in the conception of this work, two of them stand out: glued laminated wood and rammed earth walls. The first is the perfect structural choice for beams due to its very low weight and high versatility. The second material, rammed earth, is used for structural walls due to its incredible beauty and also because it proved to be a much more viable option than concrete when analyzing the issue from an ecological perspective.

To allow the view to be enjoyed totally free of support, we look for inspiration in nautical architecture, more specifically in the construction of sailing vessels. The adoption of a structural system using masts that rise over the roof allowed the use of steel rods that, in turn, suspend the entire structure of the large roof and provide the immense free span over the pool.