cornetta arquitetura, casas modernas, pré fabricados, concreto aparente, madeira, vidro, fachada, minimalista

CASA RP

Projeto para uma de nossas casas minimalistas parcialmente industrializada com aproximadamente 250 m² a ser construída na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O estudo do clima da região, quente e seco durante a maior parte do ano, norteou os principais aspectos referentes a concepção deste trabalho. Com a intenção se obter uma melhor regulação térmica da residência optou-se pela construção em dois blocos: o primeiro, com gabarito térreo, abriga o acesso, garagem coberta, escritório e suíte de hóspedes e está posicionado na porção frontal do lote. O segundo bloco, dotado de dois pavimentos, encontra-se localizado na porção central do lote e abriga, no pavimento térreo, as áreas de convívio e serviços e no pavimento superior estão localizadas três suítes. A ruptura do volume em dois blocos permitiu a inserção de um jardim bioclimático tropical no centro da planta, favorecendo a ventilação natural cruzada, aumentando a eficiência da iluminação natural e agregando maior umidade ao interior da casa.

A adoção do sistema estrutural utilizando pré-moldados de concreto protendidos, amplamente empregado em nossas casas minimalistas, propiciou a maximização do vão livre da casa e permitiu a integração total da área de convívio coberta (estar, jantar e cozinha) com a área de lazer externa dotada de deck e piscina. As fachadas laterais e frontal, constituídas basicamente por elementos em concreto aparente, demandarão mínima manutenção mesmo sendo expostas ao fortíssimo sol da região. A fachada posterior, totalmente abrigada do sol (face sul) e da chuva (grandes beirais de laje) foi concebida em madeira e, quando aberta, propiciará a total integração das suítes com a vista (desprovida de vizinhos). No pavimento térreo caixilhos em madeira foram utilizados com a intenção de criar uma relação mais íntima e harmoniosa da casa com o jardim além de contribuírem para um clima mais despojado.

A opção pela implantação multi-pavimentos acabou por liberar maior área para cultivo e jardinagem. Toda a região posterior do lote será destinada a implementação de um grande pomar com árvores frutíferas.

ESCOPO CONSTRUTIVO:

  • superestrutura: pré-moldados de concreto;
  • lajes: alveolares protendidas pré-moldadas;
  • cobertura: manta flexível sobre termo-isolamento em poliuretano;
  • vedações: painéis pré-moldados de concreto; siding em madeira maciça;
  • esquadrias: vidros caixilhados em madeira;
  • divisórias: drywall com isolamento em lã de rocha ou similar;
  • forrações: gesso estruturado e madeira;

cornetta arquitetura, arquitetura, casas modernas, casas minimalistas, pré-moldados, concreto aparente, fachadas, casas ecologicas, bosque, curitiba

Casa do Bosque

Projeto para residência industrializada de aproximadamente 400 m² utilizando pré-moldados de concreto a ser executada na cidade de Curitiba, Paraná.

O terreno para o qual foi elaborado o presente trabalho caracteriza-se principalmente por fazer parte de um belíssimo bosque com árvores da região e demandar uma série de medidas cautelares no tocante a construção para que a mesma acabe por não prejudicar a flora existente. Tendo em vista a vontade e a necessidade de se preservar todas as árvores do lote adotou-se a implantação da casa na porção frontal do terreno, uma vez que o bosque encontra-se na porção posterior do mesmo. A delicadeza necessária para a correta intervenção neste tipo de terreno encontra-se alinhada com o conceito da construção industrializada devido ao seu maior grau de precisão, agilidade de execução e minimização de infra-estrutura in loco.

Devido a manutenção de toda a vegetação de grande porte surgiu a necessidade de se manter os níveis naturais do terreno em toda a extensão da área de preservação, logo optamos por um tipologia semi-assobradada cuja fachada posterior é térrea e se integra totalmente ao espaço natural e a fachada frontal é assobrada e conecta o nível da rua ao nível do pavilhão principal onde se encontram a maioria dos ambientes. O piso do acesso é composto pela garagem para quatro automóveis, academia e serviços. O piso principal, acima deste, abriga os ambientes privativos (compostos de quatro suítes completas) e os ambientes de convívio: salas de estar com lareira, jantar e cozinha integrada, todos plenamente integrado entre si e conectados ao bosque por meio dos grandes planos envidraçados.

O clima e as condições de insolação e sombreamento do terreno ditam o layout interno do pavilhão e os tipos de vedações. Os grandes planos envidraçados captam a insolação no sentido noroeste e contribuem para a manutenção do calor na casa no final dos dias do rigoroso inverno da região. A grande parede em alvenaria de pedra que divide as áreas de convívio da área privativa encontra-se em contato com todas as fontes de calor da casa: a lareira, forno, cooktops, churrasqueira e forno de pizza, o objetivo é trabalhar a inércia da massa termodinâmica deste elemento para retenção do calor e minimizar assim o uso do aquecimento durante os dias frios. As janelas superiores no centro do salão permitem ventilação independente e são um ótimo recurso para se evitar o super-aquecimento durante o verão mesmo com a casa fechada.

A intensa utilização de componentes pré-moldados de concreto combinados com as grandes vedações em vidro permitirá, além de um tempo de obra extremamente reduzido, uma construção caracterizada principalmente pela leveza e minimalismo, aspectos estes que, além de alinhados ao modo de vida e morar modernos, também permitirão que a casa se integre de maneira harmoniosa com o meio natural.

ESCOPO CONSTRUTIVO:

  • superestrutura: pré-moldados de concreto;
  • lajes: alveolares protendidas pré-moldadas;
  • cobertura: manta flexível sobre termo-isolamento em poliuretano;
  • vedações: painéis pré-moldados de concreto; chapa de alumínio termo-isolada;
  • esquadrias: vidros caixilhados em alumínio;
  • divisórias: drywall com isolamento em lã de rocha ou similar;
  • forrações: gesso estruturado;

fachadas, casas modernas, casas terreas, estrutura metálica, madeira, dhama, são carlos

Casa STUART

Projeto para casa térrea em concreto aparente, pedra, estrutura metálica e madeira de aproximadamente 220 m² localizada na cidade de São Carlos, São Paulo.

Neste estudo buscamos elaborar uma proposta cuja residência se organizasse em torno de um pátio aberto central ajardinado que pudesse conferir íntima e estreita relação entre o espaço construído e o paisagismo e onde não exista clara demarcação entre o "dentro" e o "fora". A planta é articulada em três blocos principais: o primeiro é destinado ao acesso, garagem coberta e sala de tv; o segundo é o "coração" do projeto, onde se encontram as áreas de convívio e o terceiro é o bloco privativo dos dormitórios.

O pavilhão principal abriga a cozinha, ilha multifuncional, sala de estar e também um mezanino, que poderá ser utilizado como escritório, biblioteca e que também poderá receber hóspedes. O generoso pé-direito aliado ao conjunto de esquadrias móveis permitirá ótimo conforto térmico por meio de ventilação natural cruzada. Apesar do intenso uso da transparência o pavilhão receberá insolação direta mínima devido ao grande beiral de dois metros que protegerá os planos envidraçados da insolação direta da face norte e que também confere proteção extra durante fortes chuvas.

Valendo-se de um abrangente escopo construtivo, este estudo residencial almeja o equilíbrio por meio do uso de variados sistemas construtivos e de suas implicações plásticas na obra finalizada, com especial ênfase no belíssimo contraste entre a leveza dos componentes industrializados metálicos da cobertura e as grandes empenas artesanais em pedra bruta e concreto aparente. O grande plano da cobertura principal situada a mais de 5 metros do chão repousa suavemente sobre os grandes maciços de alvenaria.

Neste projeto de casa de alto padrão utilizamos todo o nosso conhecimento adquirido em execuções de montagem de construções industrializadas porém buscamos fundir estes elementos com técnicas mais artesanais, com foco na alvenaria portante de pedra. Além do grande desafio técnico, o projeto pretende trabalhar o conhecimento construtivo em sua totalidade e mostrar que as técnicas modernas da construção industrializada podem trabalhar harmonicamente em conjunto com o "saber construtivo" tradicional.


cornetta, arquitetura, architecture, casas estruturas metalicas, casa estrutura metalica, casas prefabricadas, casas pre fabricadas, loft, lofts, casas modernas, casas terreas, madeira, jardim, ecologicas, alto padrao

LOFT URB

Projeto para loft com aproximadamente 70 m2 e área de lazer integrada na cidade de Sertãozinho, região metropolitana de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O trabalho em questão trata-se de um ampliação residencial por meio da construção de um loft metálico conectado ao corpo principal do sobrado original (ao fundo) e criação de um grande terraço a ser utilizado como área de lazer e mirante. A nova área de lazer descoberta e o pavilhão encontram-se intimamente conectados através do uso de grandes planos envidraçados.

Optou-se pelo emprego da estrutura metálica na confecção do projeto devido sua grande praticidade por conta de seu peso reduzido, facilitando assim o manejo e instalação das peças em pleno expediente comercial no centro da cidade. Outros fatores decisivos na escolha do material foi sua qualidade superior de acabamento aliada uma potência estrutural bem superior, resultando em uma estrutura mais elegante e com maior apelo ao estilo "industrial", que também se encontra presente na escolha de alguns itens do mobiliário e decoração.

O desejo por um projeto conciso e limpo, bem ao estilo minimalista, encontra fundamento também no emprego dos fechamentos envidraçados que, além de agregar leveza e o devido destaque aos elementos estruturais, permitem plena integração visual da área interna com a bela área de lazer equipada com spa de hidromassagem. Aqui não existe demarcação clara entre o que está dentro e aquilo que está fora. O convívio foi pensado como um fluxo contínuo que permeia todo o trabalho.

A escolha da madeira como elemento de acabamento principal se dá pela busca do estabelecimento de um clima um tanto intimista e de aconchego mesmo com o emprego dos grandes vidros. O assoalho maciço e o deck, ambos em madeira cumaru, tendem a fundir-se nas grandes perspectivas abertas e estreitar ainda mais as relações entre o espaço coberto e o terraço.

O grande espaço aberto dedicado ao lazer e convívio encontra apoio também na condição privilegiada de vista semi-panorâmica para toda a cidade. Implantado no coração da cidade, o grande deck oferece condições de mirante para apreciação da paisagem e também estreita as relações do nosso loft com a malha urbana. Este projeto mostra-se como interessante estudo acerca das possibilidades e viabilidades da construção e manutenção de moradias, inclusive de alto padrão, nos centros urbanos.

Escopo construtivo:
Estrutura: perfis em aço laminados;
Cobertura: telha termo-acústica (isolamento com PU injetado);
Fechamentos: vidros temperados sem caixilhos;
Divisórias: drywall termo-isolados com lã de rocha;
Forrações: gesso estruturado e madeira (cedro);
Piso: assoalho e deck em madeira (cumaru);

Créditos:
Projeto Arquitetônico: Pedro Cornetta
Projeto estrutural em aço: Perticarrari
Paisagismo: Julio Favaro
Acompanhamento executivo: Pedro Cornetta
Fotos: Pedro Cornetta


cornetta, arquitetura, casas modernas, casas prefabricadas, estruturas metalicas, casas pré fabricadas, casas premoldadas

CASA JS

Projeto para uma de nossas casas pré moldadas, com cerca de 300m2, a ser montada em Sertãozinho, interior de São Paulo.

O projeto é composto por dois volumes bem definidos: o menor, à frente, consiste de um pavilhão em aço e madeira cuja função é abrigar os carros e servir de acesso principal à residência. O outro, maior e ao fundo, abriga todas as áreas comuns (estar, cozinha, varanda, escritório) no térreo e três suítes no pavimento superior. Com a intenção de resguardar a privacidade no interior dos dormitórios recua-se ao máximo a implantação da casa em relação ao ponto da esquina, além do uso um sistema de janelas-painéis em madeira, que ajudam a bloquear a visão para o interior das suítes e também conferem a fachada uma belíssima textura natural, que contrasta com o tom neutro do concreto aparente.

A solução construtiva adotada, mesclando pré moldados em concreto e elementos em aço, se mostra particularmente eficiente, rápida e com ótimo custo-benefício no projeto em questão. Para o volume com dois pavimentos adotamos o sistema em concreto pré moldado para a estrutura principal e lajes alveolares pré moldadas protendidas para a estrutura do piso, que permitem vencer grandes vãos livres sem vigamento intermediário adicional, resultando em um projeto com design limpo, especialmente no caixote envidraçado do térreo. O uso dos painéis pré moldados como solução para os fechamentos externos no pavimento superior também se mostra como excelente alternativa, uma vez que possuem ótimo acabamento, não demandam etapas posteriores de finalização e reduzem drasticamente a necessidade de manutenção periódica. Na cobertura principal e nos anexos da garagem e pergolado da varanda adotamos o sistema de estrutura metálica e telha termo-acústica devido ao excelente custo-benefício e conforto do conjunto.

Este projeto aponta para novos rumos na construção civil partindo do emprego de sistemas de montagem aplicados ao setor residencial de maneira eficiente. Trata-se de uma construção rápida, com baixos índices de desperdícios, baixa manutenção, maior eficiência energética e excelente custo-benefício.

 


casa de campo, casa de praia, loft, lofts, casas térreas, natureza, ecologia, sustentabilidade

Loft 002

Projeto para casa de campo pré-fabricada tipo loft  de aproximadamente 105 m2 em terreno em área rural.

Pensada como uma moradia prática e de excepcional conforto e qualidade construtiva, o projeto foi elaborado tendo em vista uma planta aberta que permite a  integração dos ambientes internos e destes com as áreas externas.

Todos os componentes principais desta casa pré-fabricada de alto padrão foram concebidos como elementos metálicos. Para a estrutura principal foram utilizadas colunas e vigas em perfis laminados padronizados de acordo com a oferta no mercado nacional e sua modulação pressupõe o mínimo desperdício de material durante a fabricação. Para o piso elevado utilizamos tabuleiro metálico seguido de chapa metálicas enrijecidas cuja função é o de sustentar e dar base para a instalação do piso acabado da residência, podendo ele ser do tipo cerâmico, pedra, porcelanato ou assoalho de madeira. Toda a cobertura é em telha termo-acústica galvalume com calha única, permitindo assim a fácil instalação do sistema de armazenamento de águas da chuva.

Para os fechamentos externos utilizamos painéis termo-isolados compostos por chapas metálicas corrugadas isoladas com lã mineral ou similar. A esquadrias, em alumínio com pintura eletrostática, permitem a abertura total da casa para as áreas externas e também a plena ventilação e iluminação naturais. Os fechamentos internos são propostos como divisórias em drywall isoladas com lã mineral, que permitem rápida instalação e fácil alterações no layout originalmente proposto.

Devido ao peso extremamente reduzido desta casa de campo não se fazem necessários grandes trabalhos de fundações, sendo este um importante fator a ser levado em consideração quando trabalhamos em áreas rurais, de infra-estrutura precária ou de difícil acesso. Este projeto, de design minimalista, mostra-se como interessante proposta para residências pequenas, com tempo de execução reduzido, grande conforto e alto padrão construtivo.

Ficha Técnica:
- estrutura: estrutura metálica em perfis laminados;
- estrutura do piso: chapa xadrez enrijecida apoiada sobre vigamento metálico;
- cobertura: telha termo-acústica com Poliuretano (PU) injetado;
- fechamentos: painéis termo-isolados com chapa corrugada metálica pintada e lã mineral; esquadrias em alumínio e vidro temperado;
- divisórias: drywall isolados com lã de rocha ou similar;
- forrações: FGE (forro de gesso estruturado) e madeira (cedro);
- piso: cerâmico, porcelanato ou assoalho;