cornetta arquitetura, arquitetura, casas modernas, casas minimalistas, concreto aparente, fachadas, terreas

CASA 22

Projeto para casa minimalista com 500 m² em Campo Largo, na região de Curitiba, no Paraná.

A implantação do projeto arquitetônico visa valorizar as características naturais do terreno, marcado principalmente pela declividade de 10 metros e pela existência de reserva ecológica ao fundo do loteamento. Para tal objetivo nos valemos do uso do perfil natural da topografia para o estabelecimento das cotas de níveis dos pavimentos e também pela utilização do generoso vão livre de 15 metros que permitirá a conexão visual plena entre as áreas de convívio do pavilhão principal e a belíssima área de proteção ambiental.

Em termos gerais, o conceito da casa baseia-se na concepção de um volume prismático retangular apoiado em apenas 7 pontos, todos perimetrais, e que flutua em relação ao solo permitindo a implementação da residência em dois níveis: o térreo, todo livre e aberto, e o pavimento superior que, embora compartimentado, é dotado de plena vista para o entorno de dentro das três suítes. A adoção de sistemas construtivos industrializados, tal qual o emprego de pré-moldados de concreto de alto desempenho, permite o emprego de uma estrutura mais potente por meio da utilização de lajes e vigas protendidas aliada as facilidades construtivas inerentes aos pré-fabricados, além do acabamento de qualidade superior.

O grande paralelogramo de concreto é dotado de longas aberturas nas duas faces longitudinais, uma localizada à sudeste e com vista para rua e a outra situada à noroeste com pleno visual para a mata nativa preservada. A abertura frontal encontra-se protegida por uma pele em chapa metálica perfurada que permite privacidade no interior dos ambientes sem privá-los de luz natural. A porção superior da fachada posterior é marcada pela sacada linear que abarca todas as suítes e as protege da insolação norte e também permite a instalação de fechamentos dinâmicos em tela perfurada para melhor controle das últimas horas de sol ao longo do ano, podendo ser fechados durante as tardes de verão e abertos durante o rigoroso inverno.

O plano geral desta casa minimalista encontra-se também rasgado longitudinalmente pelo generoso jardim bioclimático que, além de conferir beleza sem igual aos espaços internos, permite melhorias substanciais na ventilação natural sobretudo nos períodos mais quentes do verão e também propicia comunicação visual entre os pavimentos, sobretudo entre a sala de estar, abaixo, e o mezanino com escritório, acima.

O planejamento da área de lazer é feito de maneira simplificada, consistindo na construção de um plano rebaixado com o deck e piscina, ambos com vista privilegiada. Detalhe para a piscina que, com o emprego da borda em vidro, funde-se ao meio natural.

ESCOPO CONSTRUTIVO:

  • superestrutura: pré-moldados de concreto;
  • lajes: alveolares protendidas pré-moldadas;
  • cobertura: manta flexível sobre termo-isolamento em poliuretano e cobertura em vidro sobre o jardim central;
  • vedações: painéis pré-moldados de concreto;
  • esquadrias: vidros caixilhados em alumínio;
  • divisórias: drywall com isolamento em lã de rocha ou similar;
  • forrações: gesso estruturado e madeira;

fachadas modernas, estruturas metalicas, concreto aparente, industrial, casas ecologicas, loft

LOFT UBATUBA

Projeto para residência de aproximadamente 200 m² utilizando pré moldados de concreto na cidade de Ubatuba, São Paulo.

Tendo em mente o clima específico da região, caracterizado pelo tropical úmido, elaboramos um projeto um projeto que utilizasse da melhor maneira possível a iluminação natural, permitisse a plena circulação de ar em seu interior e que também fosse prático em sua construção.

A escolha pela implantação do loft ao fundo do terreno encontra apoio no desejo de se manter todas as arvores nativas do local (estão todas na porção à frente do terreno) e também na intenção de utilizarmos a face sul em sua plenitude, permitindo a integração total entre o interior e o exterior da residência por meio dos grandes planos envidraçados e utilizando a iluminação natural em sua máxima eficiência sem os problemas da insolação direta. O grande pavilhão em concreto e vidro dotado de pé-direito duplo também permite, além da belíssima vista para as copas das árvores do entorno, ótima circulação de ar em seu interior evitando-se problemas advindos da ventilação ineficiente neste tipo de clima. As patologias referentes ao clima, em específico a alta umidade, também  fundamentam o uso intenso do concreto aparente como solução construtiva e também sugerem a implantação flutuante ("solta" do chão) que, além de agregar leveza ao grande bloco e maior eficiência energética no dia-a-dia, permite maior isolamento em relação a umidade do solo.

Pensado como um exercício de montagem, todo o canteiro de obras será preparado tendo em vista os processos de montagem principais: produção, transporte e montagem dos pré moldados de concreto, instalação das esquadrias com caixilhos de alumínio e vidro e posteriores divisórias em drywall termoisolados com lã mineral ou similar. Com um alto índice de industrialização, a obra permite um fluxo de trabalho muito ágil, rigoroso controle de qualidade e baixíssimo desperdício.


cornetta arquitetura, casas modernas, estrutura metalica, estruturas metalicas, fachadas modernas, pedra, madeira, vidro, concreto aparente, casa de alto padrão

CASA ARARAS

Estudo para casa de alto padrão em estrutura metálica com aproximadamente 300 m² na cidade de Araras, SP.

O projeto visa otimizar a ocupação do lote por meio da implantação com garagem embutida utilizando o desnível natural e também valorizar a vista para o entorno com a locação da área de lazer e varanda voltadas para a esquina.

A construção, dividida em dois blocos, é composta de um corpo principal parcialmente pré-fabricado utilizando componentes metálicos e que faz o contraponto ao outro bloco semi-escavado e totalmente em concreto aparente. Para o primeiro, que abrange a maior parte do programa da residência, é proposto um modelo construtivo utilizando estrutura metálica, cobertura com telha termo-acústica, fechamentos externos em painéis isotérmicos metálicos, esquadrias em alumínio e vidro e divisórias internas em drywall com isolamento em lã de rocha ou similar. O emprego da estrutura de aço e soluções leves para divisórias e vedações nesta casa de alto padrão permitem, além de uma obra mais prática e ágil, uma maior amplitude no pavimento térreo à medida que se maximizam os vãos livres e possibilitam a criação de grandes planos envidraçados, estreitando assim a relação entre os espaços internos com a área de lazer e entorno. Para o bloco escavado, que abrange a garagem, depósito e casa de máquinas, a solução proposta é o emprego extenso do concreto aparente como solução para os muros de arrimos, laje e da grande viga frontal.

O contraste entre o bloco minimalista em aço e a base em concreto acaba por incentivar o uso de uma grande gama de opções para os acabamentos finais, que variam desde o emprego de chapas metálicas, madeira, concreto com fôrmas ripadas até a pedra natural. Esta riqueza de materiais e texturas também apoia-se na proposta da implementação de grandes áreas dedicadas ao paisagismo, com especial ênfase no canteiro localizado na esquina que, além de embelezar o conjunto, oferece uma maior privacidade na área de lazer.

ESCOPO CONSTRUTIVO:

  • fundações e arrimos: concreto moldado in loco;
  • superestrutura: perfis laminados em aço carbono tipo W;
  • lajes: steel deck;
  • cobertura: telha termo-acústica tipo galvalume com isolamento em poliuretano;
  • vedações: chapa em alumínio termo-isoladas com lã de rocha;
  • esquadrias: vidros caixilhados em alumínio;
  • divisórias: drywall com isolamento em lã de rocha ou similar;
  • forrações: gesso estruturado e madeira;

sobrados de alto padrão, cornetta, arquitetura, architecture, casas estruturas metalicas, estrutura metalica, casas modernas, fachadas, sobrados, casas de aço, casas modernas, industrial, concreto aparente, concreto ripado

CASA LG

Projeto para um de nossos sobrados de alto padrão com aproximadamente 500 m2 a ser construído em Atibaia, São Paulo.

Neste trabalho organizamos as etapas construtivas e canteiro de obras ao redor dos dois elementos principais que estruturam o presente projeto residencial: a grande empena e arrimos em concreto aparente moldados no lugar e o corpo principal da casa concebido em estrutura metálica laminada com lajes tipo steel deck e cobertura em telha termo-acústica. Na contraposição destes dois grandes elementos principais encontra-se o partido arquitetônico para a resolução do trabalho.

Levando-se em conta o desnível natural do terreno optamos por fazer toda a garagem semi-escavada utilizando todos os muros de contenção como acabamento final. Esta opção é interessante pois liberamos mais espaço para a área de lazer e jardins e também maximizamos o uso do concreto aparente no pavimento inferior facilitando a limpeza da garagem aberta. O acesso ao corpo principal pode ser feito tanto pela porta principal, cujo acesso se dá por meio de grandes patamares de concreto e encontra-se belamente emoldurada por um frondoso paisagismo tropical, ou pela garagem, sendo esta última uma opção mais prática no dia-a-dia.

No projeto do corpo principal desta residência procuramos elaborar um trabalho que comunique ao morador as melhores características do aço: a potência estrutural aliada a maior leveza visual possível. No coração da planta ergue-se um grande espaço de convívio conjugado com a escada e pé-direito duplo, trazendo para o interior da residência o máximo de luz natural da manhã e permitindo plena ventilação natural em diferentes alturas. Para o complexo do lazer utilizamos o grande vão livre de 12 metros para abrigar todos os ambientes de jantar, varanda gourmet e área de lazer plenamente integrados, sem colunas no meio do pavilhão. Toda a área de lazer coberta comunica-se com o deck, solário, spa e piscina sem obstruções, permitindo assim a máxima fluidez entre o interior da residência e os ambientes externos.

A belíssima vista para os fundos do terreno, que permite a apreciação de toda a topografia do vale no entorno, encontra-se devidamente valorizada pela sacada contínua das três suítes do pavimento superior e que se abrem totalmente para o sol da manhã. O uso do espelho d´água como artifício paisagístico para valorização do entorno também está presente através do uso da piscina com lateral de vidro e borda infinita.

Escopo Construtivo:

- fundações e contenções: concreto aparente moldado in loco com fôrmas ripadas;
- superestrutura: empena frontal em concreto aparente, estrutura principal em perfis metálicos laminados;
- lajes: laje maciça aparente e steel deck;
- cobertura: telha termo-acústica em poliuretano injetado e terraço de equipamentos em chapa enrijecida termo-isolada;
- vedações: alvenaria maciça aparente;
- forrações: gesso estruturado (fge) e madeira;
- esquadrias: vidro temperado com caixilhos de alumínio;
- divisórias internas: drywall com isolamento termo-acústico em lã de rocha;


arquitetura, casa premoldada, prefabricada, concreto aparente, fachada, sobrado

CASA LIF#2

Projeto para casa pré moldada de 200m2, na cidade de Sertãozinho, interior de São Paulo.

Este projeto residencial foi idealizado como um objeto de montagem, no qual toda a estrutura se constitui por meio de elementos pré-moldados de concreto de alta resistência e todo o plano da laje piso dos dormitórios no pavimento superior foi concebido utilizando lajes alveolares pré-moldadas protendidas. A aplicação de conceitos de pré-fabricação e montagem agiliza todas as operações básicas do canteiro de obras e reduz drasticamente o tempo e os erros na execução. Toda a montagem do esqueleto desta casa pré moldada poderá ser executado em apenas alguns dias e com máxima precisão.

Devido ao fato de toda a estrutura e fundos de laje ficarem aparentes no projeto final, o uso de pré-moldados se mostra uma ótima alternativa pois garante ótima aparência final das peças e propicia grandes economias na fase acabamento, uma vez que não são necessários serviços de emboço, reboco e pintura na estrutura e tetos. Outro fator economicamente interessante é o fato dos dormitórios não necessitarem de instalação de piso convencional, uma vez que a própria capa de concreto das lajes será polida e utilizada como piso no pavimento superior, exceto nos banheiros. Todos os componentes estruturais desta casa pré moldada foram especialmente desenhados para receber os belíssimos painéis de fechamento em concreto isolados com EPS, garantindo uma fachada com bom desempenho térmico, altíssima durabilidade e baixa manutenção, além do belo estilo "minimalista".

A cobertura da residência foi panejada em estrutura metálica e telha termo-acústica, devido a sua leveza, praticidade e economia. Como esta solução não necessita de laje forro, uma vez que a telha já é isolada, pode-se optar pela forração branca em gesso ou em madeira nos dormitórios e sala, obtendo-se assim interessantes contrastes com o restante da estrutura toda em concreto aparente.

Todos os fechamentos no pavimento superior foram pensados como painéis leves, utilizando gesso acartonado, madeira e lã de rocha (isolante), com o objetivo de se obter uma obra o mais ágil e econômica possível, além de um isolamento termo-acústico muito superior ao da alvenaria convencional. O destaque fica por conta do conjunto de janelas-painéis em madeira da fachada posterior, cuja textura natural contrasta lindamente com a neutralidade dos componentes em concreto aparente.


casas prefabricadas, casas pre fabricadas, casas pré fabricadas, casas modulares, estrutura metalica, casas terreas, casas modernas

CASA MAP

Projeto para casa em estrutura metálica de 350 m2 a ser construída na cidade de Matão, interior de São Paulo, em co-autoria com o arquiteto Sérgio Mancini.

A implantação tipo "L" desta residência permite ótima iluminação natural no conjunto principal (sala, cozinha e varanda) sem a incidência solar direta e também propicia a devida reclusão do volume dos dormitórios, uma vez que este se encontra voltado para recuo posterior de quatro metros e é valorizado por um grande e agradável jardim privativo.

Toda a casa é concebida como objeto de estudos para padronização e montagem. Para tanto, fazemos uso de várias técnicas de pré fabricação: estrutura metálica, vedação por meio de painéis compostos (gesso, madeira e concreto pré moldado) e telhado leve em telha termo-acústica. A leveza da estrutura propicia a implementação de grandes vãos livres que permitem conectar totalmente o pavilhão principal, que abriga a sala e cozinha, à grande varanda, solário e piscina.

O pavilhão principal possui pé direito elevado em relação ao conjunto com o intuito de se obter o máximo de iluminação proveniente da face sul e aumentar a eficiência da ventilação natural no galpão, reduzindo assim os gastos mensais com energia derivados da iluminação artificial e climatizadores, além da qualidade superior em termos de salubridade nos ambientes. O destaque do conjunto na área comum é a grande treliça metálica que conecta o plano da cobertura da sala e cozinha com o da varanda e permite vencer grandes vãos com baixo custo.

Os fechamentos (com exceção dos muros de divisa) são pensados como soluções práticas de montagem onde utilizamos o gesso acartonado comum nas áreas internas e para as placas externas utilizamos a madeira tratada e elementos pré-moldados em concreto. Todo o conjunto possui isolamento com lã de rocha, propiciando conforto térmico e acústico muito superiores às soluções em alvenaria tradicional, além do tempo de execução e desperdício drasticamente reduzidos.


casas pré fabricadas, casas pre fabricadas, casas prefabricadas, casas ecologicas, sobrado, arquitetura, casas modernas, casas inteligentes, casa ecológica, arquitetura sustentavel, sustentabilidade, fachada, sobrado

SOBRADO GS

Projeto para casa ecológica de 200 m2 na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo.

Este projeto se apresenta como alternativa real e economicamente viável ao sistema de construção tradicional, calcado no uso da alvenaria e do concreto armado e marcado pelos altos índices de desperdício e atrasos demasiados.

O estudo apresenta uma casa ecológica pensada à partir do uso da estrutura metálica tubular no pavimento térreo e do Light Steel Frame (LSF) no pavimento superior, todo revestido em madeira tipo pinus tratado de reflorestamento. Este conjunto de opções permitem que o esqueleto da casa seja montando em apenas alguns dias, propiciando um canteiro de obras mais ágil.

A opção pelos fechamentos em painéis se mostra como ótima alternativa à alvenaria pois permite execuções muito mais ágeis e precisas, com todo o plaqueamento sendo entregue já cortado e ajustado para as dimensões da casa. O plaqueamento se baseia num sistema composto de gesso acartonado + lã de rocha para as áreas internas e gesso acartonado + lã de rocha + osb + madeira para os fechamentos externos. Este conjunto propicia um isolamento termo-acústico excelente, além de ótima estanqueidade e resistência à umidade. Permite também grande facilidade de manutenção.

Além do volume prismático em madeira, se destaca também no conjunto o grande jardim suspenso na fachada frontal, atuando como elemento paisagístico e também como barreira térmica para os dormitórios, cuja parede está voltada para o oeste.


projeto arquitetonico, loft, estrutura metalica, sobrado, casas prefabricadas, fachadas, fachadas de casas pequenas, fachadas de sobrados, modelo de sobrado

LOFT AC

Modelo de sobrado de aproximadamente 95 m2 em Araraquara, SP.

O trabalho em questão tem como principal objetivo a elaboração de um projeto arquitetônico de grande qualidade à partir de um orçamento extremamente limitado.
Para tanto, trabalhamos primeiramente com a ideia de compactação de toda a residência através de uma tipologia de loft com pavimento térreo todo integrado e dormitórios compactos no pavimento superior.

Neste projeto de loft utilizamos o conceito da minimização dos desperdícios de material através do uso da alvenaria racionalizada por meio de blocos estruturais aparentes; opção esta que evita os altos insumos advindos das perdas e quebras constantes dos tijolos e dos custos com emboço/reboco e pintura, além de dispensar o uso de formas para pilares.

Outro ponto de partida para este projeto de loft é o uso da estrutura metálica no pavimento superior, conferindo ao projeto um grande vão central de 9 metros sem acarretar custos extras com madeiramento para formas de concreto, que posteriormente seriam descartadas.

A leveza do pavimento superior neste modelo de sobrado é consequência do uso combinado e inteligente entre o aço e fechamentos internos em painéis tipo dry-wall e externos em placas cimentíceas e chapa corrugadas, ambos com isolante termo-acústico. Este fator é determinante para a economia global da obra, pois permite uma estrutura extremamente enxuta e eficaz, com destaque para a fachada treliçada e para o grande plano em laje painel aparente que cobre todos os ambientes do pavimento térreo.