cornetta arquitetura, casas modernas, pré fabricados, concreto aparente, madeira, vidro, fachada, minimalista

CASA RP

Projeto para uma de nossas casas minimalistas parcialmente industrializada com aproximadamente 250 m² a ser construída na cidade de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O estudo do clima da região, quente e seco durante a maior parte do ano, norteou os principais aspectos referentes a concepção deste trabalho. Com a intenção se obter uma melhor regulação térmica da residência optou-se pela construção em dois blocos: o primeiro, com gabarito térreo, abriga o acesso, garagem coberta, escritório e suíte de hóspedes e está posicionado na porção frontal do lote. O segundo bloco, dotado de dois pavimentos, encontra-se localizado na porção central do lote e abriga, no pavimento térreo, as áreas de convívio e serviços e no pavimento superior estão localizadas três suítes. A ruptura do volume em dois blocos permitiu a inserção de um jardim bioclimático tropical no centro da planta, favorecendo a ventilação natural cruzada, aumentando a eficiência da iluminação natural e agregando maior umidade ao interior da casa.

A adoção do sistema estrutural utilizando pré-moldados de concreto protendidos, amplamente empregado em nossas casas minimalistas, propiciou a maximização do vão livre da casa e permitiu a integração total da área de convívio coberta (estar, jantar e cozinha) com a área de lazer externa dotada de deck e piscina. As fachadas laterais e frontal, constituídas basicamente por elementos em concreto aparente, demandarão mínima manutenção mesmo sendo expostas ao fortíssimo sol da região. A fachada posterior, totalmente abrigada do sol (face sul) e da chuva (grandes beirais de laje) foi concebida em madeira e, quando aberta, propiciará a total integração das suítes com a vista (desprovida de vizinhos). No pavimento térreo caixilhos em madeira foram utilizados com a intenção de criar uma relação mais íntima e harmoniosa da casa com o jardim além de contribuírem para um clima mais despojado.

A opção pela implantação multi-pavimentos acabou por liberar maior área para cultivo e jardinagem. Toda a região posterior do lote será destinada a implementação de um grande pomar com árvores frutíferas.

ESCOPO CONSTRUTIVO:

  • superestrutura: pré-moldados de concreto;
  • lajes: alveolares protendidas pré-moldadas;
  • cobertura: manta flexível sobre termo-isolamento em poliuretano;
  • vedações: painéis pré-moldados de concreto; siding em madeira maciça;
  • esquadrias: vidros caixilhados em madeira;
  • divisórias: drywall com isolamento em lã de rocha ou similar;
  • forrações: gesso estruturado e madeira;

cornetta, arquitetura, architecture, casas estruturas metalicas, casa estrutura metalica, casas prefabricadas, casas pre fabricadas, loft, lofts, casas modernas, casas terreas, madeira, jardim, ecologicas, alto padrao

LOFT URB

Projeto para loft com aproximadamente 70 m2 e área de lazer integrada na cidade de Sertãozinho, região metropolitana de Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

O trabalho em questão trata-se de um ampliação residencial por meio da construção de um loft metálico conectado ao corpo principal do sobrado original (ao fundo) e criação de um grande terraço a ser utilizado como área de lazer e mirante. A nova área de lazer descoberta e o pavilhão encontram-se intimamente conectados através do uso de grandes planos envidraçados.

Optou-se pelo emprego da estrutura metálica na confecção do projeto devido sua grande praticidade por conta de seu peso reduzido, facilitando assim o manejo e instalação das peças em pleno expediente comercial no centro da cidade. Outros fatores decisivos na escolha do material foi sua qualidade superior de acabamento aliada uma potência estrutural bem superior, resultando em uma estrutura mais elegante e com maior apelo ao estilo "industrial", que também se encontra presente na escolha de alguns itens do mobiliário e decoração.

O desejo por um projeto conciso e limpo, bem ao estilo minimalista, encontra fundamento também no emprego dos fechamentos envidraçados que, além de agregar leveza e o devido destaque aos elementos estruturais, permitem plena integração visual da área interna com a bela área de lazer equipada com spa de hidromassagem. Aqui não existe demarcação clara entre o que está dentro e aquilo que está fora. O convívio foi pensado como um fluxo contínuo que permeia todo o trabalho.

A escolha da madeira como elemento de acabamento principal se dá pela busca do estabelecimento de um clima um tanto intimista e de aconchego mesmo com o emprego dos grandes vidros. O assoalho maciço e o deck, ambos em madeira cumaru, tendem a fundir-se nas grandes perspectivas abertas e estreitar ainda mais as relações entre o espaço coberto e o terraço.

O grande espaço aberto dedicado ao lazer e convívio encontra apoio também na condição privilegiada de vista semi-panorâmica para toda a cidade. Implantado no coração da cidade, o grande deck oferece condições de mirante para apreciação da paisagem e também estreita as relações do nosso loft com a malha urbana. Este projeto mostra-se como interessante estudo acerca das possibilidades e viabilidades da construção e manutenção de moradias, inclusive de alto padrão, nos centros urbanos.

Escopo construtivo:
Estrutura: perfis em aço laminados;
Cobertura: telha termo-acústica (isolamento com PU injetado);
Fechamentos: vidros temperados sem caixilhos;
Divisórias: drywall termo-isolados com lã de rocha;
Forrações: gesso estruturado e madeira (cedro);
Piso: assoalho e deck em madeira (cumaru);

Créditos:
Projeto Arquitetônico: Pedro Cornetta
Projeto estrutural em aço: Perticarrari
Paisagismo: Julio Favaro
Acompanhamento executivo: Pedro Cornetta
Fotos: Pedro Cornetta