Projeto para uma de nossas casas pré fabricadas de aproximadamente 260 m2 na cidade de São Carlos, São Paulo.

A ideia para esta residência é, através de uma obra ligeira e precisa, criar espacialidades que valorizem tanto os aspectos técnicos e construtivos do conjunto assim como alguns conceitos de sustentabilidade aplicados. Estes conceitos se explicitam nas escolhas que norteiam o empreendimento: o uso da estrutura metálica e de componentes pré moldados de concreto, o emprego do tijolo ecológico aparente, da utilização de plaqueamento interno à seco (drywall), a implementação de captação de águas pluviais e de sistemas que aquecimento solar.

Neste projeto buscamos explorar a contraposição dos sistemas construtivos em aço e concreto pré moldado da maneira mais inteligente e com o melhor custo-benefício possível: no volume com dois pavimentos utilizamos o sistema mais pesado, em concreto, e no trecho com pé direito duplo, fazemos uso da estrutura metálica, sistema mais leve e com acabamento mais sutil.

Para o volume que abriga os dormitórios demonstramos toda a versatilidade dos componentes pré moldados de concreto: a superestrutura em colunas e vigas pré moldadas, com destaque para a viga principal protendida, cujo vão livre é de 10 metros, confere praticidade, imponência e acabamento impecável ao imóvel; as lajes alveolares protendidas propiciam agilidade ímpar na execução do entre-piso e já servem de acabamento para a maior porção do teto; as vedações externas pré fabricadas em painéis de concreto termo-isolados são ótimas opções devido a baixa manutenção e dispensam a utilização da mão de obra de pedreiros e pintores; as paredes internas em drywall permitem manutenção nos sistemas prediais e facilitam futuras reformas na edificação. Para a sala e escritório, ambos ambientes integrados ao pavilhão principal, optamos pela estrutura metálica, devido a sua agilidade e leveza na solução de coberturas.

Este projeto aponta para novos rumos na construção civil partindo do emprego de sistemas de montagem aplicados ao setor residencial de maneira eficiente. Trata-se de uma construção rápida, com baixos índices de desperdícios, baixa manutenção, maior eficiência energética e excelente custo-benefício.